Portugal com "2.º Valor mais Reduzido de Área Ardida Desde 2009" - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Portugal com "2.º Valor mais Reduzido de Área Ardida Desde 2009"


Em pleno mês de agosto, ainda que atípico, o Governo anuncia que desde o início do ano o país, e "comparando com o histórico dos últimos dez anos", regista "menos 43% de incêndios" e "menos 63% de área ardida".

O Ministério da Administração Interna (MAI) anuncia, em comunicado enviado às redações, que "entre 1 de janeiro e 15 de agosto", o país registou, de acordo com a base de dados nacional de incêndios rurais, "um total de 7.192 incêndios rurais que resultaram em 26.199 hectares de área ardida".

Números que, salienta o MAI, "comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos últimos 10 anos, registaram-se menos 43% de incêndios rurais e menos 63% de área ardida".

Este ano, prossegue o Governo, "apresenta, até ao dia 15 de agosto, o 2.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 2.º valor mais reduzido de área ardida desde 2009".

Face a estes dados, o ministério tutelado por Eduardo Cabrita sublinha que para tal tem contribuído "o comportamento dos portugueses em dias de perigo de incêndio rural".

É, por isso, remata o MAI manter o apelo "à adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução na utilização do fogo em espaços rurais". Ainda que o verão insista em manter-se envergonhado.

Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________