Militares pedem licenças ilimitadas ou férias para ganhar milhares a apagar incêndios - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Militares pedem licenças ilimitadas ou férias para ganhar milhares a apagar incêndios


Todos os anos, vários pilotos do Exército, Força Aérea Portuguesa (FAP) e Marinha pedem licenças ilimitadas sem vencimento ou férias para poder tripular as aeronaves de combate a fogos rurais contratadas pelo Estado aos privados.

De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, os quase 13 mil euros mensais de salário são o principal motivo para estes efetivos das Forças Armadas, que ganham nos seus ramos quase sete vezes menos. Alguns nem se ausentam do trabalho e mantêm a atividade no setor privado em dias de folga.

O JN avança ainda que, apesar de este cenário ser proibido pelo Estatuto dos Militares das Forças Armadas – que considera incompatível a acumulação de funções no privado -, há muito que as regras têm sido contornadas com a autorização dos respetivos chefes de Estado-Maior. Num dos casos, uma só empresa de meios aéreos contratada pelo Estado chegou a ter, até há pouco tempo, cerca de 15 pilotos militares dos quadros permanentes à frente das suas aeronaves.

Fonte: Jornal Económico

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________