Mais de 120 corporações com “bombeiros de elite” vêm a Braga subir escadório do Bom Jesus - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Mais de 120 corporações com “bombeiros de elite” vêm a Braga subir escadório do Bom Jesus


Foi este sábado formalmente apresentada a III edição do concurso Bombeiros de Elite, havendo já 620 inscritos num total de 124 corporações, 18 delas estrangeiras.

Os números foram avançados por Ricardo Fernandes, membro da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga e porta-voz da organização deste evento, um dos maiores do mundo no género.

A prova internacional Bombeiro de Elite, que consiste em subir em corrida o Escadório do Bom Jesus, com todo o equipamento, no menor tempo possível, está agendada para a manhã do dia 28 de setembro, um sábado, e é já uma imagem de marca da cidade de Braga, e disso deu conta Firmino Marques, vice-presidente da Câmara de Braga.

“É um exemplo de superação, como é o dia a dia destes operacionais”, disse o também responsável pelo pelouro da Proteção Civil. Firmino Marques elogiou os bombeiros portugueses em geral e demonstrou igual apreço pelo trabalho da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga, dizendo que se “superaram”.

Na apresentação da prova estiveram também a vereadora do Desporto, Sameiro, Araújo, para além do presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais e o diretor nacional daquela mesma instituição, Domingos Morais, do comandante da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga, João Felgueiras, de Varico Pereira, da Confraria de Bom Jesus do Monte, de José Sousa, da ADN Eventos Desportivos, para além do empresário bracarense José Ferreira Correia, o CEO da principal empresa patrocinadora, a JC Group.

Recorde de estrangeiros

A cargo da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, esta prova volta a ter lugar no Santuário de Bom Jesus do Monte, recentemente eleito Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Os ‘atletas’ vão subir o escadório do Bom Jesus do Monte, com mais de 25 quilos de equipamento de proteção individual, constituído por fardamento de combate a incêndios urbanos, visando percorrer 615 metros, no escadório em pedra que tem desnível positivo de 116 metros, num total de 566 degraus, sendo revelou a organização do evento.

Todos os participantes terão que envergar o Equipamento de Proteção Individual (EPI) completo, incluindo as botas de fogo e Aparelho Respiratório Isolante de Circuito.

Fonte: O Minho

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________