Fogo de Vila de Rei e Mação Dominado - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 23 de julho de 2019

Fogo de Vila de Rei e Mação Dominado


O incêndio que deflagrou no sábado em Vila de Rei, distrito de Castelo Branco, e que se propagou ao concelho de Mação, já em Santarém, foi dominado esta terça-feira.

A informação foi avançada aos jornalistas pelo comandante do Agrupamento Distrital do Centro Sul, Luís Belo Costa, durante um ponto de situação, às 13 horas, no posto de comando instalado na Escola Secundária da Sertã.

Às 8 horas, o comandante da Proteção Civil tinha dito não haver frentes ativas, mas sim vários "pontos quentes preocupantes" (focos com combustão lenta e sem propagação). "A situação está hoje muito mais favorável do que ontem ao final do dia", acrescentou o responsável, que disse esperar que o fogo pudesse ser totalmente dominado durante esta manhã, antes de as temperaturas elevadas e os ventos fortes se fazerem sentir.

Quase 30 concelhos de sete distritos em risco máximo de incêndio

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), em risco máximo de incêndio estão os concelhos de Vila de Rei, Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, Oleiros, Covilhã e Penamacor (Castelo Branco), Penedono, Vila Nova de Paiva e Tarouca (Viseu).

Também em risco máximo estão os concelhos de Marvão, Nisa e Gavião (Portalegre), Abrantes, Mação, Sardoal (Santarém), Loulé, São Brás de Alportel e Alcoutim (Faro), Sabugal, Guarda, Pinhel, Figueira de Castelo Rodrigo e Vila Nova de Foz Coa (Guarda), Freixo de Espada à Cinta, Torre de Moncorvo, Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros e Vimioso (Bragança).

O IPMA colocou também vários concelhos dos distritos de Faro, Beja, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Coimbra, Viseu, Bragança, Guarda, Braga e Vila Real em risco muito elevado de incêndio.

De acordo com o instituto, o risco de incêndio vai continuar máximo, muito elevado e elevado pelo menos até ao fim de semana em vários distritos de Portugal continental.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________