Mãe doa rim para bombeiro que havia socorrido filha dela dois anos atrás - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 26 de maio de 2019

Mãe doa rim para bombeiro que havia socorrido filha dela dois anos atrás


Uma americana doou um de seus rins a um bombeiro que ajudou a salvar a vida da filha dela dois anos atrás, quando a garota tinha apenas um ano. Becca Bundy, moradora de Cook, no Estado do Minnesota, encontrou Bill Cox em um bar, no ano passado. 

O bombeiro voluntário de 66 anos vestia uma camiseta com um pedido de ajuda para encontrar um doador de rim. As informações são do canal de TV Kare 11. No passado, Cox havia atendido a um chamado na casa de Becca. 

A filha dela Hadley, que tinha apenas um ano, havia sofrido uma convulsão. "Ele se importou. Não parecia que estava apenas atendendo uma ocorrência", contou Becca. Por isso, quando ela viu o bombeiro pedindo ajuda, logo pensou que poderia ser a doadora. 

"Eu não conseguia tirar isso da minha cabeça. Eu apenas disse: 'Sou a pessoa certa, tenho certeza''", disse. Becca fez todos os exames e, no fim, recebeu a notícia que seu rim era compatível. A cirurgia foi realizada em fevereiro, no Centro Médico da Universidade de Minnesota. Agora, três meses após o transplante, Cox está livre da hemodiálise e passa seus dias curtindo a aposentadoria ao lado de sua mulher, Terry. 

Cox contou que sente que foi abençoado por ter sido encontrado por Becca. 

"Ela é um anjo", disse. 

O bombeiro deu uma estátua de um anjo de presente para ela dias antes da cirurgia. Foi o início de uma amizade que agora se estende entre as famílias. Hoje, desenhos feitos pelas quatro filhas de Becca enfeitam a geladeira da família do bombeiro, que não tem netos. "Temos um laço vitalício que nunca vai se apagar", resumiu Becca.

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________