Presidente dos Bombeiros de Lourosa diz-se Alvo de "Ataques Infames" - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Presidente dos Bombeiros de Lourosa diz-se Alvo de "Ataques Infames"


O presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros de Lourosa, Joaquim Cardoso, que o corpo ativo pede a demissão, veio a público acusar o Comando se ser responsável pela não recondução dos dois adjuntos que estiveram na origem do diferendo que há semanas se vive na corporação.

Diz que há "agitadores" a "destabilizarem o bom funcionamento" da instituição.

Em comunicado, Joaquim Cardoso afirma que, apesar de a direção ter decidido não reconduzir os dois adjuntos, "a direção estava disposta a reconsiderar a sua decisão", numa reunião que teve com o Comando.

"Mas perante a recusa daqueles, nada mais teve a fazer do que tratar de um novo Corpo de Comando". "Não podem, pois, acusar a direção da sua não recondução. Não ficaram, porque não quiseram", adiantou.

Já sobre a sua condenação por importunação sexual, lembra que o caso é, ainda, passível de recurso e considera o mesmo, "um aproveitamento cobarde da situação".

Diz, ainda, que o comandante que se demitiu tinha já mostrado "a sua intenção de deixar o comando", em dezembro de 2018, "acordando a sua saída para o final do mês de março [2019]".

A Câmara Municipal da Feira fez saber que o serviço de socorro "será assegurado pelos elementos do corpo ativo dos Bombeiros de Lourosa que se mantêm em funções" e que, em casos mais graves, "será garantido o reforço pelas corporações vizinhas".

Informação avançada depois da reunião do presidente da Câmara, Emídio Sousa, e o vereador com o pelouro da Proteção Civil, Vítor Marques, com o Comandante Distrital de Operações de Socorro de Aveiro, António Ribeiro.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________