Noite de Incêndios no Norte do País, Há Ainda 21 em Curso - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 26 de março de 2019

Noite de Incêndios no Norte do País, Há Ainda 21 em Curso


No terreno estão mais de 300 operacionais a combater as chamas. Protecção Civil alerta para risco de incêndio, que se mantém até quarta-feira.

A noite de segunda-feira foi de combate a incêndios florestais no Norte do país. No total, pelas 8h20 desta terça-feira, a Protecção Civil contava ainda 21 incêndios activos, todos nos distritos de Viana do Castelo, Vila Real, Braga, Porto e Aveiro, mobilizando um total de 324 operacionais e 105 meios.

O maior incêndio activo está a ser combatido na freguesia de Pinheiro da Bemposta, concelho de Oliveira de Azeméis, no distrito de Aveiro, detalha a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC). O fogo, cujo alerta foi dado às 3h32, estava às 7h por dominar, envolvendo 73 operacionais com o apoio de 22 meios terrestres e um meio aéreo.

A ANPC destaca​ também um fogo na localidade Rans, concelho de Penafiel, distrito do Porto, que começou às 3h30 e mobilizava 20 operacionais, com o auxílio de sete meios terrestres.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o concelho de São Brás de Alportel, no distrito de Faro, apresenta esta terça-feira risco máximo de incêndio e outros 22 estão em risco muito elevado.

Noite de combate
Em Águeda, um incêndio foi combatido por 142 operacionais, contou à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro.

“O alerta para o incêndio foi dado pelas 21h30, junto à auto-estrada 25, em Serém, no concelho de Águeda”, adiantou fonte do CDOS. A população não correu risco, acrescentou. As chamas lavraram numa zona de eucaliptal. 

De menores dimensões, também em São Mamede, Areosa, em Viana do Castelo, um incêndio foi dado como dominado pelas 18h26. O fogo chegou a ser combatido por três meios aéreos, apoiados por 51 operacionais e 15 viaturas.

Além de Areosa, também as freguesia de Afife e de Freixieiro de Soutelo​ foram afectadas pelas chamas. Anteriormente, uma fonte daquele comando distrital disse à Lusa “ocorreram cinco focos de incêndio, num espaço de tempo muito curto, que não resultaram de queimas”.

País em alerta
Na segunda-feira, a Autoridade Nacional de Protecção Civil emitiu um aviso à população sobre o perigo de incêndio rural, devido à manutenção de temperaturas acima do habitual para a época e “acentuado aumento da intensidade do vento”. A ANPC avisa que o cenário meteorológico “traduz-se num aumento dos índices de risco de incêndio até quarta-feira, com condições favoráveis à rápida propagação de incêndios em todo o território continental”, com níveis de risco elevado e muito elevado.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a temperatura máxima está acima dos valores normais para a época do ano, com valores entre 25ºC e 28ºC nas regiões centro e sul e entre 20ºC e 25ºC na região norte.

Está previsto igualmente um aumento da velocidade do vento, do quadrante de leste, com rajadas até 40 km/h e rajadas até 65 km/h no litoral a norte do Cabo Mondego durante a noite e manhã de terça-feira, e no Algarve a partir do fim da tarde.

Fonte: Publico

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________