Fogo Destrói Armazém e faz Um Ferido na Maia - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Fogo Destrói Armazém e faz Um Ferido na Maia


Um armazém da empresa de transportes Amaral & Sousa, Lda ficou destruído, na tarde desta terça-feira, em Milheirós, Maia. Um dos gerentes sofreu ferimentos ligeiros.

O armazém continha matéria-prima para a produção de plásticos, o que provocou uma coluna de fumo que chegou a ser vista desde a cidade do Porto.

A pronta atuação dos bombeiros impediu que o fogo atingisse uma outra nave, mesmo ao lado, onde estavam armazenados líquidos inflamáveis. Um dos gerentes da empresa teve de receber tratamento no Hospital de S. João, no Porto, devido à inalação de fumos e a queimaduras ligeiras.

Segundo Manuel Carvalho, comandante dos Bombeiros Voluntários de Moreira da Maia e responsável pelas operações no terreno, previa-se que os trabalhos se prolongassem até ao final do dia devido à natureza dos materiais, pois era necessário arrefecê-los e retirá-los para uma zona descampada, por haver perigo de reacendimento.

"O rescaldo vai demorar imenso porque a matéria-prima tem de ser toda removida. Há uma grande quantidade de material inflamável dentro do armazém", referiu.

Por seu lado, José Amaral, um dos sócios da empresa, disse aos jornalistas que "vai ser necessário reconstruir todo o armazém", que ocupa uma área de cerca de 700 metros quadrados. "O telhado foi todo à vida", acrescentou, sem fazer qualquer estimativa quanto aos danos nem adiantar uma possível causa para o fogo, que teve início pelas 14.30 horas.

Foram 46 os bombeiros envolvidos, pertencentes às corporações de Moreira da Maia, Pedrouços, Ermesinde, Areosa-Rio Tinto, S. Mamede de Infesta, Leça do Balio e Matosinhos-Leça. Na operação participaram também equipas da Proteção Civil da Maia, da PSP e do INEM.

O armazém localiza-se atrás dos prédios da urbanização das Austrálias, numa zona de pinhal.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________