Quatro Acidentes com Camiões Provocaram Seis Feridos em Mértola - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Quatro Acidentes com Camiões Provocaram Seis Feridos em Mértola


Seis feridos, quatro dos quais ficaram encarcerados e depois transportados para o Serviço de Urgência, é o resultado de quatro acidentes envolvendo viaturas pesadas de mercadorias de matrícula espanhola que fazem o transporte de minério das minas de Aljustrel para o complexo mineiro de Huelva.

Todos os acidentes ocorreram na Estrada Nacional (EN) 122, dois antes de Mértola e outros depois após passar a vila alentejana, sendo que três foram despistes e uma colisão, precisamente o que ocorreu ontem, quando o pesado fazia a travessia da ponte da Ribeira de Carreira, a cerca de 10 quilómetros de Mértola.

O acidente ocorreu ontem cerca das 12,20 horas, no sentido norte/ sul, na ligação entre Mértola e Vila Real de Santo António, quando o ligeiro de passageiros, conduzido por Eduardo Sequeira, de 71 anos, que viajava com a mulher, de 72 anos, residentes no Feijó (Almada) embateu no passeio da ponte e foi colidir com um camião que faz o transporte de minério das minas de Aljustrel para um complexo mineiro de Huelva, acabando por embater no muro, evitando a queda para o leito da ribeira.

O casal foi transportado para o Serviço de Urgência, onde ficou em observação tendo tido alta ao final da tarde, enquanto o condutor do pesado recusou assistência. O trânsito da EN 122 esteve condicionado durante várias horas, fazendo-se de forma alternada na via sul/norte, até que o pesado foi retirado por um reboque.

Este foi o quarto acidente envolvendo pesados de mercadoria de transporte de minério originários de Espanha. Nos anteriores, resultaram ferimentos graves em dois dos condutores dos veículos que ficaram encarcerados, dois cidadãos espanhóis de 28 e 39 anos, respetivamente. Noutro dos acidentes, tal como ontem, o condutor recusou qualquer tipo de assistência.

Os três acidentes aconteceram no decurso de 2018. O primeiro ocorreu em 4 de abril tendo o pesado embatido num eucalipto e caído numa ribanceira a cerca de 10 metros da via. No segundo verificado em 25 de outubro, o veículo saiu da estrada e enfeixou também num eucalipto. O terceiro acidente, outro despiste, aconteceu no último dia de outubro tendo o camião embatido também numa árvore da mesma espécie.

Em todos os casos os veículos ficaram completamente destruídos, tendo deixado os locais dos sinistros com o recurso a gruas e reboques de grande porte.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________