Os "Generais" Neste Momento Não Têm Quem Comandar - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 9 de dezembro de 2018

Os "Generais" Neste Momento Não Têm Quem Comandar


A coisa apertar……

Já no dia da manifestação no Terreiro do Paço, demonstramos a nossa força e demonstramos aí também que tinha chegado ao fim o tempo de “brincadeiras”, demonstramos que não estamos dispostos a que nos menosprezem, hoje começamos a agir.

E com o nosso agir o Sr. MAI apressou-se a ir ao CNOS e a tentar deitar areia para os olhos e a deitar uma data de suspeições para cima dos Bombeiros. Não Sr. MAI a atitude dos Bombeiros não é irresponsável. Irresponsabilidade é aquilo que têm andado a fazer connosco sempre com o pressuposto de que nós não nos unimos, e que nós não deixamos de fazer aquilo para o que estamos e fomos criados. E numa coisa têm razão!!!!! Nós não deixamos de socorrer as populações.

A única coisa que deixamos de fazer é dar conhecimento disso ao Sr. Ministro através da comunicação que se fazia para os respectivos CDOS. Pois agora os “Generais” e quem os nomeia chegaram à conclusão de que não têm tropa para comandar, aí é que está o problema, de resto e caso o Sr. Ministro não saiba está tudo a decorrer normalmente, porque nós não abandonamos os nossos.

O que o Sr. Ministro que apelidou de “Irresponsabilidade”, se esqueceu de dizer e que é necessário ser dito para toda a população saber, é que esta luta tem custos financeiros que vão ser assumidos pelas próprias Associações, porque o Sr. Ministro se “esqueceu” de dizer que ao não serem registadas as Saídas no “SADO” (Sistema de Apoio à Decisão Operacional) os parcos subsídios que daí advêm deixam de ser pagos por parte do Governo, isto foi esquecido. Assim ainda vamos contribuir para o alcançar das metas orçamentais do Governo.

Pois é, irresponsabilidade é querer sacudir a água do capote, agora, quando antes não quiseram dialogar.

Virando um pouco para o lado, Sr. Ministro Irresponsabilidade é quando se deixam, pelo menos nos Concelhos agora pomposamente chamados de “Baixa densidade”, Quartéis da GNR sem efectivos e meios para prestarem a devida protecção às pessoas, mas quer mais, infelizmente ainda se arranja, é um maná.

Como sabem já não estou no activo mas continuo a sentir as dores como se estivesse, por isso louvo todos aqueles que estão nesta luta, e louvo também a união que penso que existe hoje e que eu pensei que não existia.

A todos muito obrigados!!!!

Martins Andrade

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________