Marta Soares Vê "Uma Luz ao Fundo do Túnel" nas Negociações com o Governo - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 29 de dezembro de 2018

Marta Soares Vê "Uma Luz ao Fundo do Túnel" nas Negociações com o Governo


Jaime Marta Soares acredita que as propostas que o Governo fez chegar à Liga de Bombeiros nos últimos dias vão no sentido de um acordo a ser concluído durante o mês de janeiro.

"O Governo cumpriu aquilo que estava determinado. Não quer dizer com isso que tudo aquilo que esteja na proposta que nos foi entregue, com tempo, que inclua todas as nossas propostas. Mas é já algo que diz que há vontade de encontrar soluções e de, pelo menos, desanuviar os problemas existentes", diz à TSF.

No inicio de dezembro, por causa da da reforma da lei orgânica da autoridade nacional de proteção civil, a liga decidiu abandonar essa estrutura e suspender a informação operacional por parte dos bombeiros aos CDOS. Entretanto o diálogo foi retomado e o protesto cancelado.

A Liga reúne, este sábado, em Leiria o Conselho Nacional, onde as propostas, entretanto apresentadas pelo ministério da Administração Interna, vão ser analisadas.

Jaime Marta Soares, o presidente da Liga, não revela as soluções que lhe foram enviadas por Eduardo Cabrita, mas adianta que as propostas favorecem o diálogo.

"Eu acredito que as explicações que tenho para dar e a evolução que houve e a alteração profunda - na minha opinião, de 180 graus - das primeiras reuniões com o Governo e da abertura e da flexibilidade que há hoje da parte do Governo, que se vê uma luz no fundo do túnel, para nós podermos levar por diante com muita seriedade, com muita sobriedade, as negociações de forma a conseguirmos atingir os objetivos que todos pretendemos."

As propostas incluem a criação de uma direção nacional de bombeiros, autónoma, independente e com orçamento próprio e também incentivos ao voluntariado, através, por exemplo, de um cartão social do bombeiro.

Fonte: TSF

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________