GIPS "estão a fazer serviço das nove às cinco" em Lisboa - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

GIPS "estão a fazer serviço das nove às cinco" em Lisboa


Desde 1 de dezembro que os cerca de 100 elementos que compõem o efetivo do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) da GNR de Lisboa "estão a fazer serviço das nove às cinco". Fora desse horário, os militares que deveriam estar de prevenção no quartel estão em casa e são acionados por telefone, "com as consequências que isso pode ter". 

A denúncia é da Associação Sócio-Profissional Independente da Guarda (ASPIG). Em causa está uma alteração administrativa que levou a Secretaria Geral da GNR a assumir a gestão do quartel do Grafanil – onde o GIPS está colocado –e a elaborar uma escala única de serviço, na qual os militares de escala são colocados a fazer segurança às instalações e controlo de entradas, explica o vice-presidente da ASPIG, Adolfo Clérigo. 

O Comando Geral da GNR garante que esta medida se deve ao encerramento do quartel da Graça, passando os seus efetivos e unidades orgânicas para o quartel do Grafanil, local onde se encontra temporariamente o Comando do GIPS" e que a "nomeação dos militares para os referidos serviços são da responsabilidade do chefe da Secretaria-Geral da Guarda".

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________