"Deixem Arder." As Palavras de Ordem dos Bombeiros Durante Manifestação - VIDA DE BOMBEIRO

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

"Deixem Arder." As Palavras de Ordem dos Bombeiros Durante Manifestação


Os bombeiros profissionais que estavam esta segunda-feira concentrados, desde as 14h30, na Praça do Comércio, deslocaram-se para a Câmara Municipal de Lisboa, onde vão entregar uma carta ao presidente do município, Fernando Medina.

Segundo os sindicatos organizadores do protesto, a carta tem como objetivo sensibilizar o presidente da Câmara de Lisboa para o problema relacionado com as propostas do Governo para o estatuto profissional e o regime de aposentação.

Os dirigentes dos sindicatos apelaram para a calma enquanto forem entregar a carta.

Antes, os bombeiros profissionais derrubaram as grades de segurança no meio da Praça do Comércio e deslocaram-se para junto da porta do Ministério da Administração Interna (MAI).

Ao som de sirenes e a gritar "Deixa arder", os bombeiros foram travados junto à porta do Ministério da Administração Interna por outros bombeiros e por policias.

Este momento de tensão aconteceu quando uma delegação dos sindicatos tinha ido entregar ao MAI uma resolução aprovada durante a concentração.

A presença policial foi, entretanto, reforçada junto ao Ministério da Administração Interna.

Centenas de bombeiros profissionais estão hoje a protestar na Praça do Comércio, em Lisboa, contra as propostas do Governo que regulam o estatuto e o regime de aposentações da classe.

A concentração foi convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa (STML) e pelo Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL), a que se juntam a Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP) e o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (SNBP).

Fonte: TSF

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________