Mulher explode casa após ordem de despejo em Portimão - VIDA DE BOMBEIRO

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Mulher explode casa após ordem de despejo em Portimão


O apartamento tinha sido penhorado pelo banco e a dona, Ancha Júlio Martins, foi notificada de que a 29 de maio deste ano, a agente de execução iria tomar conta do imóvel. 

Confrontada com a iminência do despejo, no dia 23 de maio, a mulher regou a casa com gasolina, provocando uma explosão no 7º andar do Lote 1 da avenida 25 de Abril, em Portimão. Está acusada dos crimes de incêndio e de dano qualificado. 

De acordo com a acusação, a que o CM teve acesso, Ancha Martins vivia no apartamento T3, de que era proprietária, desde 2010. Divorciada e desempregada tinha cedido os quartos a outras pessoas, para ganhar algum dinheiro. Dia 21 de Maio, depois de ter recebido a visita de duas assistentes sociais, que lhe explicaram que teria de abandonar a casa, comprou um jerricã de 10 litros, que encheu de gasolina num posto de abastecimento de combustível. 

Dois dias depois, quando os hóspedes não estavam na habitação, entrou na casa e "derramou cerca de sete litros da gasolina em vários locais dos quartos, ateando-lhes fogo". A situação, refere a acusação "causou uma forte explosão" de que resultaram danos em toda a casa e imóveis contíguos, bem como em diversas viaturas.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário