PSP e Fugitivos Feridos em Perseguição na A1 - VIDA DE BOMBEIRO

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 28 de outubro de 2018

PSP e Fugitivos Feridos em Perseguição na A1


Dois agentes da PSP do Porto e dois civis ficaram feridos durante uma perseguição policial, este sábado, na A1, entre as cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia, numa cena digna de um filme de ação. 

Tudo começou quando o condutor de um carro não parou numa operação de fiscalização de trânsito realizada no Bairro do Aleixo. O automóvel em fuga, em que seguiam três ocupantes, todos com cerca de 50 anos, despistou-se na saída da autoestrada para Canidelo, em Vila Nova de Gaia. 

A carrinha da PSP, que seguia em perseguição, não conseguiu evitar a colisão com o veículo. Um dos fugitivos ficou encarcerado e foi necessária a intervenção de uma equipa de desencarceramento dos Bombeiros de Coimbrões. O condutor, que saiu ileso, foi detido pelos agentes - não tinha sequer carta de condução e terá sido esse o motivo porque tentou escapar. O alerta foi dado cerca das 12h00 e os Bombeiros de Coimbrões foram os primeiros a assistir os envolvidos. 

"À nossa chegada, uma vítima estava a ser desencarcerada pelos colegas de Coimbrões. Prestámos socorro às outras vítimas, entre elas dois polícias", resumiu, ao CM, Luís Nunes, subchefe dos Sapadores de Gaia. Os quatro foram transportados - com ferimentos ligeiros - para o Hospital de Vila Nova de Gaia. A GNR do Porto foi chamada e investiga o sinistro. A saída da A1 para Canidelo ficou cortada durante cerca de duas horas para remoção das viaturas e limpeza de via.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário