Jaime Marta Soares Acusa GNR de se Querer Sobrepor na Estrutura de Proteção Civil - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Jaime Marta Soares Acusa GNR de se Querer Sobrepor na Estrutura de Proteção Civil


O presidente da Liga de Bombeiros Portugueses acusou esta segunda-feira a GNR, e em particular os GIPS, de se "quererem sobrepor" aos bombeiros na estrutura da Proteção Civil, sendo que, nas palavras de Jaime Marta Soares, há 95 bombeiros no terreno por cada elemento da guarda.

Depois de um encontro de mais de uma hora e meia com o ministro Eduardo Cabrita, Marta Sores reiterou tratar-se de uma "ofensa aos bombeiros" o facto de as cerimónias de formatura para receber António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa em Monchique não incluirem bombeiros. Para o presidente da Liga de Bombeiros só uma força poderia ser responsável por essa decisão.

"Nunca efetivamente nos deixaremos subjulgar ou subalternizar sob quaisquer forças, nomeadamente os GIPS da GNR", avisou Jaime Marta Soares.

Em declarações aos jornalistas, Marta Soares disse não acreditar que tenha sido culpa do poder político e sublinha que o ministro prometeu averiguar para conhecer os responsáveis. 
Questionado sobre as críticas de outras associações de bombeiros às alegadas falhas nos incêndio de Monchique, Jaime Marta Soares não as subscreve.

"Sei que os bombeiros que cá estiveram, fizeram o seu melhor, deram o quanto possível. Em nome dos bombeiros portugueses, somos operacionais, não comandamos nem coordenamos as operações, o que fizemos muito bem", avisou Marta Soares.

O presidente da Liga adiantou ainda que o ministro o informou de que a 15 de setembro são retomadas as reuniões para definir a lei organica da protecção civil. Uma matéria que o ministro quer concluir até final do ano.

Fonte: TSF

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________