INEM Assegurou Assistência Médica no Rally de Portugal - VIDA DE BOMBEIRO

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 22 de maio de 2018

INEM Assegurou Assistência Médica no Rally de Portugal


A edição de 2018 do Rally de Portugal iniciou-se no passado dia 17 de maio e decorreu até ontem, domingo, dia 20, na região Norte do país. A coordenação de toda a área da emergência médica foi novamente assegurada pelo INEM.

A exemplo do verificado nos últimos anos, a organização do Rally de Portugal solicitou ao INEM que assegurasse a resposta a eventuais situações de emergência médica que pudessem surgir no decorrer da prova.

Nos dias da competição foram destacados 100 profissionais do INEM para garantir a prestação de cuidados de emergência médica, entre Médicos, Enfermeiros, Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar, elementos de Logística e Informática.

Ao nível dos recursos materiais, o plano de resposta do INEM incluiu a utilização de dois Postos Médicos Avançados e de um conjunto de 35 meios de emergência médica: um Helicóptero, 12 Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER), três Ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV), cinco Ambulâncias de Emergência Médica (AEM), duas Motas de Emergência 4×4 e quatro Viaturas de Suporte Logístico. Estiveram ainda integradas no dispositivo do INEM oito Ambulâncias 4×4 dos Corpos de Bombeiros de Amarante, Cruz Branca-Vila Real, Montalegre, Santa Marinha do Zêzere, Valpaços, Vila Pouca de Aguiar, Valbom e Flavienses.

De modo a garantir a segurança dos concorrentes e do público, além do INEM, o Rally de Portugal contou também com a colaboração da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), da Polícia de Segurança Pública (PSP), da Guarda Nacional Republicana (GNR) e de vários Corpos de Bombeiros.

INEM

Sem comentários:

Enviar um comentário