Bombeiro Sobrevivente do Incêndio de Pedrógão Vive com Pensão de 267 Euros - VIDA DE BOMBEIRO

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Bombeiro Sobrevivente do Incêndio de Pedrógão Vive com Pensão de 267 Euros


Ficou conhecido como bombeiro-herói. Fez 14 operações desde os incêndios de há quase um ano em Pedrogão, ficou com uma incapacidade de 85%. Rui Rosinha, 40 anos, vive com uma pensão de 267 euros.

A história vem contada na edição deste domingo do Jornal de Notícias. Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, que ficou gravemente ferido num acidente quando acudia aos incêndios de 17 de junho do ano passado na zona de Pedrógão, recebe uma pensão de invalidez de 267 euros mensais, o equivalente a menos de metade (em rigor, 46%) do salário mínimo nacional.

Rui Rosinha não quis comentar o valor ao Jornal de Notícias. Relembrou, sim, a sua história: a sua história clínica do último ano e a sua história futura, que desconhece mas sabe que mudou para sempre. "A vida que tinha até 17 de junho acabou-se", diz ele ao jornal sediado no Porto. "Era fiscal camarário, bombeiro, estava ligado ao clube local e acompanhava os meus filhos no futebol e nas atividades", emociona-se ele.

Tem 40 anos. Depois do acidente, esteve dois meses e três semanas em coma, foi operado 14 vezes e ficou com lesões definitivas, outras que ainda serão alvo de intervenções e cuidados médicos. O atestado válido por cinco anos diz: 85% de incapacidade.

Fonte: Expresso

Sem comentários:

Enviar um comentário