Bombeiros do Concelho de Espinho Contam com 3 Equipas de Intervenção Permanente - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 1 de abril de 2018

Bombeiros do Concelho de Espinho Contam com 3 Equipas de Intervenção Permanente


No âmbito da profissionalização dos serviços operacionais mínimos e através do apoio da Câmara Municipal de Espinho, o Corpo de Bombeiros conta a partir de hoje com mais 5 bombeiros no seu efetivo profissional.

Entrou hoje em funcionamento a 3ª Equipa de Intervenção Permanente (EIP-3), cujo pessoal será mantido, à semelhança da EIP-2, pelo Município. O Município suporta ainda em partes iguais com a Autoridade Nacional de Proteção Civil a EIP-1.

Assim, a Brigada de Intervenção Permanente, composta pelas EIP-1, EIP-2 e EIP-3, garante a partir de hoje a primeira intervenção em operações de socorro entre as 08h00 e as 24h00, 365 dias/ano.

Esta brigada destina-se a garantir a pronta resposta a missões de socorro dando-se, desta forma, mais um importante passo na profissionalização dos serviços operacionais mínimos, permitindo uma resposta rápida e capaz à população no período diurno em que os voluntários estão menos disponíveis.

Paralelamente, o Corpo de Bombeiros dispõe de uma Brigada de Emergência Pré-Hospitalar mantida pela Associação Humanitária e composta por 11 profissionais, que assegura a primeira e segunda linha de ambulâncias de socorro, incluindo a protocolada com o Instituto Nacional de Emergência Médica, entre as 07h00 e as 24h00, 365 dias/ano.

A central de comunicações funciona em regime 24 horas/dia com 4 profissionais e a equipa de transporte de doentes não urgentes é composto por 6 profissionais. As noites são asseguradas integralmente em regime voluntário, com um número médio de 9 a 10 bombeiros, com todas as certificações e formação exigidas.

O Corpo de Bombeiros é atualmente composto por 89 bombeiros voluntários, 43 deles simultaneamente profissionais. Só no primeiro trimestre deste ano, respondeu a mais de 888 pedidos de socorro entre os quais 15 incêndios estruturais, equipamentos e veículos, 12 incêndios rurais, 9 danos em estruturas provocadas pelo mau tempo, 27 acidentes rodoviários e outras 728 emergências pré-hospitalares.

Naturalmente que a Associação Humanitária e o Corpo de Bombeiros se congratulam pelo apoio da Câmara Municipal de Espinho, que sobretudo se traduz numa melhor capacitação da resposta às crescentes necessidades da população em matéria de proteção e socorro.

Sem comentários:

Enviar um comentário