Incêndio em garagem consome dois carros - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 13 de março de 2018

Incêndio em garagem consome dois carros


O alerta surgiu às 16h27 de segunda-feira. Uma garagem, numa cave no centro de Vilamoura, perto da marina, estava em chamas. Apesar da rápida resposta dos bombeiros, com a deslocação de homens de oito corporações para o local, duas viaturas foram destruídas.

"Eu estava em casa a dormir, porque trabalho num bar, na marina, e foram-me acordar a dizer que a garagem estava a arder", contou ao CM Rodolfo Sereia, proprietário de um dos veículos no local, mas que não terá sofrido danos. 

O fogo, de causas ainda desconhecidas, terá tido origem precisamente num dos dois carros atingidos. Segundo testemunhas, ouviram-se várias explosões, até à chegada dos bombeiros, que, para entrarem na garagem e combaterem as chamas, tiveram de recorrer a máscaras e garrafas de oxigénio, devido ao muito fumo que se concentrou - algum proveniente da combustão de plástico e borracha. 

"É sempre complicado por se tratar de uma cave, mas conseguimos, em cerca de uma hora, dominar o incêndio", referiu Irlandino Santos, comandante dos bombeiros de Loulé. Na garagem estavam quatro a cinco veículos e alguns espaços eram utilizados como arrecadação mas, "à exceção dos danos provocados pelo fumo, o incêndio atingiu apenas duas viaturas", acrescentou Irlandino Santos. 

Além de Loulé, estiveram no local as corporações de Albufeira, Olhão, São Brás de Alportel, Silves, Lagoa e as duas de Faro. A GNR garantiu o perímetro de segurança.

Correio da manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário