Estradas Nacionais Matam 83 Pessoas em 2 Meses - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 3 de março de 2018

Estradas Nacionais Matam 83 Pessoas em 2 Meses


Os acidentes nas estradas portuguesas mataram 83 pessoas em janeiro e fevereiro deste ano, mais nove do que em igual período de 2017. 

Registaram-se também mais 130 acidentes de viação do que no período homólogo do ano passado, totalizando 20 033. A subir está igualmente o número de feridos ligeiros, com 5846 vítimas, mais 20 que em 2017. 

O único indicador de sinistralidade em decréscimo são os feridos graves. Assim, em janeiro e fevereiro deste ano, 233 pessoas sofreram ferimentos com gravidade, uma redução face aos 264 do ano passado. 

Os dados são da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), segundo a qual, nos últimos dias de fevereiro, entre 22 e 28, perderam a vida 14 pessoas nas estradas patrulhadas por GNR (13 vítimas), e PSP (uma vítima). A tendência de subida da mortalidade nas estradas nacionais mantém-se, de resto, pelo terceiro ano consecutivo. A nível nacional, Setúbal é o distrito em que a mortalidade rodoviária mais subiu: 18 pessoas perderam a vida em janeiro e fevereiro, mais do dobro do que as oito vítimas registadas em 2017. 

Seguem-se os distritos do Porto, com 11 mortos, Lisboa, com nove (que lidera a lista dos acidentes, com 4136 sinistros), e Braga, com oito. De salientar, que Portalegre foi o único dos 18 distritos do continente que não registou qualquer vítima mortal nas estradas nos dois primeiros meses do corrente ano.

Fonte: Correio da manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário