Assembleia Municipal de Ponta Delgada quer rever Estatuto do Bombeiro nos Açores - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 1 de março de 2018

Assembleia Municipal de Ponta Delgada quer rever Estatuto do Bombeiro nos Açores


A Assembleia Municipal de Ponta Delgada aprovou uma recomendação do PSD que propõe ao Governo Regional a revisão e o aperfeiçoamento do Estatuto do Bombeiro nos Açores.

A proposta, que contou com os votos favoráveis do PSD e BE, e com a abstenção do PS e do movimento Santa Clara Vida Nova, pretende a criação de um grupo de trabalho que elabore uma proposta de revisão e aperfeiçoamento do Estatuto do Bombeiro na Região Autónoma dos Açores, considerando a especificidade e características de carreira diferentes das dos colegas do resto do país, e da qual devem fazer parte membros designados pela Associação de Municípios dos Açores.

Segundo os social democratas, esse trabalho deverá considerar a concessão de um conjunto de benefícios na área social, económica e financeira, aos bombeiros açorianos e seus familiares diretos.

Pretende-se que todas as Associações de Bombeiros da Região sejam abrangidas, de forma a consagrar o grande e imprescindível contributo daquela classe profissional na salvaguarda da vida dos seus concidadãos e na integridade dos seus haveres.

Para o grupo municipal do PSD em Ponta Delgada será assim possível reconhecer e dignificar uma forma de vida, e a abnegação que muitas vezes não é devidamente recompensada em termos financeiros.

Sendo por isso de vital importância a sua incrementação, através do reconhecimento e homologação do seu estatuto, da sua carreira profissional, reconhecendo e atribuindo um conjunto de benefícios sociais, económicos e financeiros que permitam não só reconhecer e valorizar o trabalho desenvolvido, mas também incentivar outros a enveredar por aquela carreira, tão necessária para a proteção de pessoas e bens, e para a eficaz organização da sociedade.

Fonte: PSD Açores

Sem comentários:

Enviar um comentário