Incêndio "anormal para a época" em Caminha corta A28 - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Incêndio "anormal para a época" em Caminha corta A28


A concessionária da A28 (Norte Litoral) avançou com o corte da via direita no sentido sul - norte, em Caminha, na zona do incêndio que lavra desde as 15.26 horas nas freguesias de Arga de S. João e Dem.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, trata-se de uma medida de precaução, tendo em conta a proximidade do fogo e o fumo intenso que se fará sentir no local. "Não há perigo das chamas chegarem à beira dos carros, foi por uma questão de segurança para evitar que os condutores travem ou sejam atingidos pelo fumo. A decisão nem foi nossa, foi da concessionária", adiantou.

Quanto às causas do incêndio, a mesma fonte esclareceu que "oficialmente não há a informação que (o fogo) teve origem numa queimada (fogueira para queimar sobrantes agro-florestais)". "Estamos à procura da causa neste momento", declarou.

O fogo começou em Arga de S. João, alastrou à freguesia vizinha de Dem, e obrigou as autoridades a destacarem meios para o local para precaver a necessidade de um eventual corte da A28 (autoestrada Vila Nova de Cerveira-Porto), que acabou por suceder, ainda que parcialmente. O incêndio foi dado como extinto às 21.32 horas, tendo os meios sido desmobilizados.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, tratou-se de "um incêndio com alguma proporção, anormal para a época". De prevenção na zona, estiveram no local patrulhas da Brigada de Trânsito da GNR e uma equipa da concessionária da via.

No combate às chamas (cerca das 19.15 horas), estiveram envolvidos 39 operacionais com 11 viaturas dos Bombeiros Voluntários de Caminha, Vila Praia Âncora e Vila Nova de Cerveira.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário