Embaixada do Reino Unido entrega capacetes para bombeiros voluntários - VIDA DE BOMBEIRO

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Embaixada do Reino Unido entrega capacetes para bombeiros voluntários


A Associação dos Amigos dos Bombeiros Voluntários de Coimbra (AABVC) vai distribuir por diversas corporações 400 capacetes usados, que foram doados pela embaixada do Reino Unido na sequência de um apelo da Associação nesse sentido.

Assim que recebeu o apelo da AABVC, solicitando a doação de equipamento parta os bombeiros voluntários, a embaixadora do Reino Unido em Portugal, Kirsty Hayes, diligenciou no sentido de responder e, com a colaboração do serviço nacional de bombeiros britânico, reuniu os 400 capacetes, junto de bombeiros do País de Gales, relatou a diplomata, na sessão de formalização de entrega daquele equipamento, hoje, em Coimbra.
Portugal, que é “um país fantástico”, viveu “o ano passado uma tragédia enorme com os incêndios florestais, que muito chocou” e à qual “não se poderia ficar indiferente”, explicou a embaixadora, fazendo votos para que semelhante “tragédia jamais se repita”.
Além disso, sustentou, o seu país também deve “partilhar responsabilidades”, uma vez que vivem em Portugal “talvez cerca de 40 mil” cidadãos ingleses, muitos dos quais (e “cada vez mais”) vivem na região Centro, designadamente em concelhos diretamente atingidos pelos fogos florestais de 2017 (embora o Algarve continue a ser a zona do país preferido pelos britânicos que vivem no país).
Estes capacetes vão ser distribuídos por diversas corporações do distrito de Coimbra, à semelhança de outro material e equipamento que já foi e/ou venha a ser doado, disse a presidente da AABVC, Liliana Ruivo, salientando que a corporação de voluntários de Coimbra é a principal preocupação da Associação, que com igual satisfação distribuirá o equipamento de que não necessitar pelos bombeiros da região.
Para além do Reino Unido, já responderam ao apelo as embaixadas da Alemanha, que forneceu equipamento de proteção individual (EPI), e de Itália, que enviou uma centena de capacetes, mas os voluntários de Coimbra precisam sobretudo, além de EPIs, de viaturas e a Associação continua a acreditar que conseguirá arranjar meios para conseguir um veículo, disse a presidente da AABVC, que foi fundada no final de agosto de 2016.

Fonte: Noticias de Coimbra

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________