Menos Bombeiros e Florestas sem Vigilantes - VIDA DE BOMBEIRO

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Menos Bombeiros e Florestas sem Vigilantes


As previsões apontam para temperaturas acima dos 30 graus durante o próximo fim de semana, mas o dispositivo da Autoridade Nacional de Proteção Civil vai ser reduzido já no domingo, dia em que tem início a Fase Delta da época de combate a incêndios. 

Se até agora estavam mobilizados  9740 bombeiros, apoiados por 2065 viaturas e 48 meios aéreos, a partir de 1 de outubro  o número de soldados da paz no terreno desce para quase metade (5518 elementos) e passam a estar disponíveis ‘apenas’ 22 aeronaves. Outro dado que está a causar polémica junto dos bombeiros é a desativação dos  236 postos de vigia (onde estavam 944 elementos). 

A definição do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais foi feita no início do ano e já mereceu críticas de vários comandantes operacionais, que defendem alterações, nomeadamente a manutenção de um dispositivo ao longo de todo o ano. 

O CM questionou a ANPC se haverá alguma alteração ao estabelecido, mas não obteve resposta. Este ano já arderam 244 mil hectares de floresta, três vezes mais do que a média dos últimos 10 anos.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________