Suspeito de Incêndios na Madeira Condenado a Três Anos de Prisão Efetiva VIDA DE BOMBEIRO: De DECIF em DECIF Continuamos a Ser "Comidos por Lorpas"

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

De DECIF em DECIF Continuamos a Ser "Comidos por Lorpas"


Ora vamos lá a mais um tema que tem inundado as redes sociais e tem feito as delicias dos media, sendo já imprescindível  para os mesmos  não tocarem na "ferida"  a cada telejornal .

Mas na realidade tal como tudo, isto não vai passar de "um tema" ! E porque digo eu isto ? Porque à  anos e anos que  isto  e outras coisas se sucedem e nada é  feito, nada  é  alterado, nada é  melhorado apenas "falado " e para nós diariamente no terreno falar de nada nos serve se não virmos acções. 

Andamos literalmente  de DECIF em DECIF, alertando, pedindo, implorando  para isto e muito mais, e de ano para ano chegamos ao verão e encontramos tudo na mesma .

O inverno está  próximo e com ele vem a chuva e nós  bombeiros vamos ser esquecidos e as promessas  de melhorias que nos são feitas, são também elas levadas  pela chuva e caídas no esquecimento, e mais uma vez para o ano enfrentaremos as mesmas batalhas, de um lado lá  andamos nós  contra o fogo, do outro lado lá andamos outra vez  mas desta vez numa batalha pela farda pelos nossos direitos, direitos esses que muitos se esquecem que os direitos daqueles que socorremos diariamente todo o ano.

E passamos mais um verão  de falha em falha , ora falhas na logística com uma alimentação vergonhosa quer em qualidade quer em quantidade, alimentação  essa que devia ser o foco da atenção  de quem por ela é  responsável  (seja la essa entidade quem  for !) 

Pois passamos dias e noites na frente de combate  e não  somos de ferro não somos invencíveis,  somos "soldados da paz "assim intitulados pelas populações  mas tal como as outras forças,  tal como os outros soldados, temos uma "barriga "que vazia ou com sandes  sem conduto de pouco serve.

Afinal  já dizia um camarada  "de barriga cheia eu penso melhor, eu faço  melhor, eu trabalho melhor e não  corro o risco de cair para o lado." 

Continuando a falar de falhas já tivemos a logística, já tivemos o SIRESP, já tivemos  falhas na informação  passada ao exterior "lei da rolha ", falhas no comando dos to's quando se metem ditos doutores que percebem  tanto daquilo como eu de lagares de azeite, falhas, falhas, falhas, e falhas, uma falha aqui, uma falha ali, uma falha acolá,  e enquanto se vai falhando o Zé bombeiro vai aguentando e vai tapando com o pé  as falhas deixadas pelos grandes senhores .

Triste realidade, e que no meio de tanta falha a única coisa que não  falha  são as promessas em vão  que nos são  dadas todos os anos, bem como as desculpas esfarrapadas para a não concretização  das mesmas.

A única coisa que eu espero é que um dia de tanto nos tentarem "comer por lorpas  não sejamos nós bombeiros a "falhar ". 

Já dizia o Zeca Afonso numa das suas músicas ;

"A toda a parte chegam  vampiros
Poisam nos prédios poisam nas calçadas 
Trazem no ventre desposos antigos
Mas nada os prende as vidas acabadas.
Eles comem tudo eles comem tudo 
Eles comem tudo e não  deixam nada"

Um Bombeiro como tantos outros que continua a combater incêndios por esse país fora...
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

2015 Copyright – Todos os Direitos Reservados : VIDA DE BOMBEIRO