Cursos de Chefes da Proteção Civil Passados a Pente Fino - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Cursos de Chefes da Proteção Civil Passados a Pente Fino


Governo mandou investigar todas as licenciaturas dos responsáveis da Autoridade Nacional de Proteção Civil, depois de número de casos de licenciaturas por equivalências subir para três.

O Secretário de Estado da Administração Interna (MAI) Jorge Gomes ordenou à Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) que passe a pente fino a forma como todos os dirigentes do organismo e da estrutura operacional obtiveram as suas licenciaturas.

A medida surge depois de o jornal "i" ter revelado, esta quarta-feira, que os comandantes operacionais do Centro Sul e Centro Norte, Luís Belo Costa e Pedro Vicente Nunes, concluíram os seus cursos superiores, no Instituto Politécnico de Castelo Branco, através de equivalências. Estes dois casos somam-se ao do ex-comandante operacional nacional da ANPC, Rui Esteves, que fez 90% da licenciatura em Proteção Civil, também em Castelo Branco, através de equivalências.

"O despacho assinado pelo Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, no passado dia 18 de setembro, segunda-feira, determina que as conclusões deste levantamento sejam entregues à tutela até ao próximo dia 25 de setembro", explica o MAI.

Inspeção chegou hoje ao Politécnico de Castelo Branco

Entretanto, os três casos de equivalências - que, na altura em que foram atribuídas, eram um procedimento sem limites legais - estão já a ser investigadas pela Inspeção Geral da Educação e Ciência (IGEC).

Segundo adiantou o presidente do Politécnico de Castelo Branco ao JN na tarde desta quarta-feira, o inspector da IGEC chegou hoje à instituição. "Irá, naturalmente, averiguar os procedimentos relacionados com as três licenciaturas que foram referidas na comunicação social e terá toda a liberdade para fazer o seu trabalho e averiguar o que mais achar necessário", garantiu Carlos Maia.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________