Atropela Crianças numa Passadeira em Coimbra - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Atropela Crianças numa Passadeira em Coimbra


Ana Luísa e João Carlos, de 12 anos, residentes em Cabouco, Coimbra, faziam ontem o percurso habitual para a escola quando, ao atravessarem a EN17, foram atropelados na passadeira. 

Sofreram ferimentos ligeiros, mas ficaram internados no hospital pediátrico. O acidente ocorreu às 07h54. Um veículo ligeiro que seguia no sentido Coimbra-Lousã parou na passadeira para deixar passar as crianças, mas um autocarro que seguia atrás não conseguiu travar a tempo. Colidiu com a traseira do carro, que após o embate atingiu os menores. Ana Luísa e João Carlos, que iam apanhar o autocarro para se deslocarem para a escola, em Ceira, foram projetados alguns metros até ficarem caídos no asfalto. 

"A miúda gritava muito", conta uma familiar que estava no local. O condutor do carro, de 50 anos, também ficou ligeiramente ferido. A população da aldeia diz que não é a primeira vez que há acidentes na zona. "No mesmo sítio já houve outro atropelamento", recorda José Soares, morador. A passadeira tem semáforos mas, segundo a população, nunca funcionaram.  

Para Lurdes Antunes, proprietária de um café, essa poderia ser uma solução para evitar os acidentes, já que esta "é uma estrada com muito trânsito e onde se circula em velocidade excessiva", apesar do limite de velocidade máxima ser de 50 quilómetros por hora. José Soares diz que todos têm medo de atravessar e "há quem fique ali à espera dez minutos para que alguém lhe dê passagem".

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário