Suspeito de Incêndios na Madeira Condenado a Três Anos de Prisão Efetiva VIDA DE BOMBEIRO: SIRESP não era avaliado desde 2010

terça-feira, 15 de agosto de 2017

SIRESP não era avaliado desde 2010


A ministra da Administração Interna já tem em mãos a auditoria da Inspecção-Geral da Administração Interna (IGAI) sobre a actuação da secretaria-geral da Administração Interna (SGMAI) enquanto entidade gestora do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP), como o PÚBLICO noticiou a semana passada. Nas conclusões do documento, a IGAI diz que o SIRESP não é avaliado nem fiscalizado desde 2010, avançou a SIC Notícias.

Segundo aquele canal de televisão, que teve acesso às conclusões da auditoria, a IGAI responsabiliza a secretaria-geral do mesmo ministério, agora liderada por Francisco Gomes, de, ao não fiscalizar o SIRESP, permitir que a empresa não fosse responsabilizada pelas falhas do sistema ao longo dos anos.

Por não ter havido responsabilização, avança o relatório, a empresa do SIRESP não só não pagou as penalizações pelas falhas a que estava obrigada como não foi obrigada a fazer alterações no sistema sempre que foram encontradas anomalias no funcionamento da rede de emergência nacional. 

Entretanto, o Expresso avançou esta tarde que a mesma auditoria recomenda um processo disciplinar ao secretário-geral do MAI, Francisco Gomes, para que seja apurada a responsabilização desta entidade nas falha constantes do SIRESP, não só a que aconteceu durante o incêndio de Pedrógão Grande em Junho, como em falhas anteriores. 

Este é um dos relatórios que chegou na semana passada ao Governo. Além desta auditoria da IGAI à actuação da SGMAI, Constança Urbano de Sousa pediu um estudo ao Instituto das Telecomunicações sobre o funcionamento do SIRESP. Para esta tarde, a ministra da Administração Interna marcou uma conferência de imprensa para dar explicações sobre Pedrógão Grande.

Fonte: Publico
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

2015 Copyright – Todos os Direitos Reservados : VIDA DE BOMBEIRO