Suspeito de Incêndios na Madeira Condenado a Três Anos de Prisão Efetiva VIDA DE BOMBEIRO: Carro de Combate ao Fogo Despista-se e Fere Bombeiros no Fundão

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Carro de Combate ao Fogo Despista-se e Fere Bombeiros no Fundão


Quatro bombeiros ficaram feridos, sem gravidade, em Alcongosta, no concelho do Fundão, esta noite, durante as operações de combate ao incêndio florestal que lavra na Serra da Gardunha, desde domingo, disse fonte da Proteção Civil. 

O acidente ocorreu pela 01h02 de terça-feira, na povoação de Alcongosta, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, adiantando que os feridos foram transportados para o Hospital da Covilhã. Os bombeiros feridos eram ocupantes de um veículo de combate a incêndios da corporação de Voluntários do Fundão, no distrito de Castelo Branco, que resvalou por uma ravina, na aldeia de Alcongosta, constatou a agência Lusa no local. O veículo procedia, então, a uma manobra de reposicionamento, no âmbito do reforço de meios de combate às chamas, que continuam a lavrar com intensidade na Serra da Gardunha, desde as 01h27 de domingo. 

O presidente da Câmara do Fundão, Paulo Fernandes, disse que o acidente ocorreu durante a "circunstância complexa de posicionamento do carro numa zona difícil, acabando por deslizar numa ravina com cinco a seis metros". Dos quatros feridos, que são todos homens e da corporação do Fundão, "dois tiveram de ser desencarcerados", acrescentou o autarca.

O fogo começou perto da localidade de Louriçal do Campo, no concelho de Castelo Branco, e alastrou, ao meio da tarde desse dia, a território do concelho do Fundão. 

Dois civis e uma bombeira feridos no Fundão 

Já durante a tarde de segunda-feira este incêndio provocou queimaduras em duas pessoas, que estão ainda em avaliação, e ferimentos ligeiros numa bombeira, disse à Lusa fonte da Proteção Civil. Segundo o Comando distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco a bombeira, da corporação do Fundão, sofreu uma entorse e foi assistida no hospital da Guarda. O fogo provocou o corte da EN2 (estrada nacional) entre Vila de Rei e Sardoal, e da EN 348 entre Vila de Rei e Ferreira do Zêzere, bem como a A23. 

Ativado Plano de Emergência Municipal 

A Câmara Municipal do Fundão ativou esta segunda-feira à noite o Plano de Emergência Municipal na sequência do forte incêndio que há dois dias lavra na Serra da Gardunha, entre os concelhos do Fundão e Castelo Branco. Este fogo começou na localidade de Louriçal do Campo, concelho de Castelo Branco, às 01h27 de domingo, e, entretanto, progrediu para o concelho do Fundão, onde entrou cerca das 17h00 do mesmo dia, mantendo-se fortemente ativo durante toda a noite e dia desta segunda-feira, e tendo já passado por várias freguesias da encosta da Serra da Gardunha. 

Em nota enviada à agência Lusa, a autarquia fundanense explica que a decisão de ativar este plano foi tomada "por unanimidade" pelos membros da Comissão Municipal de Proteção Civil, face à "dimensão e enorme gravidade do incêndio". "Com a ativação do Plano pretende-se assegurar a colaboração das várias entidades intervenientes, garantindo a mobilização mais rápida dos meios e recursos afetos ao Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil do Fundão e uma maior eficácia e eficiência na execução das ordens e procedimentos previamente definidos", refere a nota de imprensa.

Fonte: Correio da Manhã
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

2015 Copyright – Todos os Direitos Reservados : VIDA DE BOMBEIRO