Suspeito de Incêndios na Madeira Condenado a Três Anos de Prisão Efetiva VIDA DE BOMBEIRO: Violento Incêndio em Têxtil de Guimarães

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Violento Incêndio em Têxtil de Guimarães


Um incêndio de grandes dimensões consumiu, esta quinta-feira à noite, parte da fábrica têxtil António Almeida e Filhos, em Moreira de Cónegos, concelho de Guimarães.

O fogo estava extinto pouco depois das 21.30 horas.

Segundo o que o JN conseguiu apurar no local, a zona fabril que ardeu, onde trabalham 230 pessoas, estava a laborar quando as chamas deflagraram. Todos os funcionários terão conseguido sair da empresa - que, ao todo emprega 450 trabalhadores -, não havendo registo de feridos.

O fogo terá começado no porão dos acabamentos, local onde se cardam os tecidos. Aquela zona da empresa teria lixo acumulado e óleos. A poucos minutos das 21 horas, fumo negro era visível a sair de toda a extensão da empresa.

Segundo o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vizela, Paulo Félix, a operação de combate ao fogo foi "bem sucedida", tendo a maior dificuldade sido o acesso ao piso -2, "uma vez que o acesso ao local só se fazia pelo interior da fábrica, tomada pelas chamas".

O alerta para o incêndio foi dado às 19.19 horas. Ao local acorreram duas viaturas e seis homens dos Bombeiros de Riba de Ave, dois veículos (incluindo camião-escada) e oito homens dos Bombeiros de Guimarães, 23 homens com sete veículos dos Bombeiros de Vizela.

JN
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

2015 Copyright – Todos os Direitos Reservados : VIDA DE BOMBEIRO