Suspeito de Incêndios na Madeira Condenado a Três Anos de Prisão Efetiva VIDA DE BOMBEIRO: Anúncio de Candidatura aos Órgãos Sociais da Liga dos Bombeiros

domingo, 9 de julho de 2017

Anúncio de Candidatura aos Órgãos Sociais da Liga dos Bombeiros


Sou um dos apoiantes do Manifesto de Propósitos subscrito recentemente por um elevado número de elementos de Comando dos Corpos de Bombeiros e de dirigentes das Entidades Detentoras, identificando-me com os princípios e orientações aí expressos, no sentido da mobilização e convergência de forças e vontades visando a dinamização de tudo o que importa ao sector dos Bombeiros em Portugal, tendo como referencia a Liga dos Bombeiros Portugueses. 

Com efeito, é a Liga dos Bombeiros Portugueses que congrega estatutariamente as Associações/Corpos de Bombeiros, as respectivas Federações Distritais e das Regiões Autónomas, englobando os voluntários, municipais, profissionais e privativos. 

Assim, partindo destas premissas, porque tenho acompanhado ao longo dos anos, a vida e a dinâmica dos Bombeiros Portugueses, parece-me que muito poderia e deveria ter sido feito pela nossa Confederação nos últimos tempos, prevalecendo atualmente um inaceitável vazio de afirmação num universo a que está afecto mais de um milhão e duzentos mil portugueses entre Dirigentes, Bombeiros e Sócios. 

Com sentido realista, com persistência e espírito construtivo, estou convicto, que posso contribuir eficazmente para congregar vontades e assumir a responsabilidade de honrarmos os oitenta e sete anos de existência da Liga dos Bombeiros Portugueses e do futuro que a todos preocupa. 

Porque os Bombeiros Portugueses, são hoje dirigidos e comandados, por uma nova geração de responsáveis, com novas sensibilidades e visão do sector, dirijo-me particularmente a estes, consciente de que é neles que reside o conhecimento, visão e assertividade no caminho que mais desejamos para o futuro do sector. 

Nesta conformidade e por espírito de serviço, anuncio a minha candidatura à presidência da Liga dos Bombeiros Portugueses assumindo o compromisso de ir ao encontro das ideias de todos, congregando sensibilidades e práticas, porque é no pluralismo que devemos afirmar a nossa força e capacidade coletiva de servir os Bombeiros e Portugal. 

 Torres Vedras, 2 de Julho de 2017  

José M. Barreira Abrantes 
Cmdt QH de Torres Vedra
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

2015 Copyright – Todos os Direitos Reservados : VIDA DE BOMBEIRO