Bombeiros Voluntários de Ansião Comemoram 58º Aniversário - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Bombeiros Voluntários de Ansião Comemoram 58º Aniversário

Os Bombeiros Voluntários de Ansião assinalaram este domingo (20) o seu 58.º aniversário.

A sessão solene ficou marcada pela condecoração e promoção de vários elementos do quadro activo: 13 bombeiros foram condecorados com a medalha de assiduidade por 5, 10, 15, 20 e 25 anos, 10 elementos foram promovidos a bombeiros de 3.ª classe, dois operacionais passaram a sub-chefes, dois sub-chefes foram indigitados chefes e foi entregue o prémio dedicação e mérito ao bombeiro Tiago Freitas Santos.

Em dia de festa, o comandante Marques Neves alertou para a necessidade de “estancar esta hemorragia legislativa e normativa” que “tem criado e vai continuar a criar enormes entraves” ao voluntariado. “Nos tempos que correm temos assistido a um acumular de inovações e imposições legais que de uma forma encapotada vão, na minha opinião, mirrando a disponibilidade de alguns e a paciência de outros, levando a que num curto médio prazo os corpos de bombeiros só poderão sobreviver num regime de profissionalização total”, afirmou Marques Neves.

Salientando que “precisamos de alguns para acudir a todos”, o comandante apelou “a todos quantos quiserem fazer parte desta grande família que se inscrevam e se juntem a nós”, sublinhando que, para isso, “basta ter entre 17 e 45 anos, ser física e psiquicamente capaz e ter vontade de ajudar o seu semelhante”.
Por sua vez, o presidente da direcção e da Câmara Municipal de Ansião, Rui Rocha, falou dos investimentos que a instituição pretende fazer no próximo ano: a ampliação do quartel e a aquisição de um veículo especial contra incêndios. Com a finalidade de concretizar tais objectivos foi aprovado, recentemente, o orçamento para 2016 no valor de 970.000 euros.

A ampliação do quartel visa criar “um espaço que albergue todas as nossas viaturas de grande porte, encontrar melhores condições para os serviços de oficina e lavandaria e conceber uma estrutura moderna e urbanisticamente bem enquadrada para o conceito casa-escola, melhorando também a área administrativa e de apoio aos sócios”, disse o autarca, referindo que os projectos estão quase concluídos e contemplam “duas fases, para a probabilidade de termos de meter mãos à obra apenas com recursos próprios”.

Fonte: Jornal Terras de Sicó

Sem comentários:

Enviar um comentário