Bombeiros de Celorico de Basto Estão de Luto - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Bombeiros de Celorico de Basto Estão de Luto

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários Celoricenses está de luto. O Adjunto de Comando, António Augusto Campos Carvalho, faleceu, com 49 anos de idade, devido a doença oncológica.

António Augusto Campos Carvalho foi inscrito no Corpo de Bombeiros de Celorico de Basto a 23 de abril de 1985 tendo sido promovido a Bombeiro de 3ª Classe no dia 10 de fevereiro de 1986 e a Bombeiro de 2ª Classe no dia 21 de janeiro de 2006.

Foi nomeado Adjunto de Comando no dia 30 de abril de 1997, cargo que exerceu com toda a dedicação até a data da sua morte.

Os BVC prestaram homenagem ao seu Adjunto desde que foi recebido no quartel sede da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários Celoricenses, onde ficou em câmara-ardente, até à hora do funeral, no dia 27 de dezembro.

“Trata-se de um momento muito doloroso a partida deste nosso camarada. O Augusto sempre deu muito de si a esta instituição, sempre vestiu a camisola com brio, com dedicação, com sentido de pertença. Estamos de luto e muito tristes com esta perda. Ao mesmo tempo aproveito a oportunidade para deixar as condolências a toda a família” disse o presidente da AHBVC, Fernando Freitas.

O adjunto de comando representava os Bombeiros Voluntários Celoricenses há 30 anos, 18 dos quais no quadro de comando, tendo sido sempre um exemplo a seguir.

“O Augusto sempre foi um grande homem ao serviço desta instituição. Sempre vestiu a farda com um sentido de missão bem presente, sabia qual era a sua missão e fê-la com todo o brio. Só tenho a agradecer ter tido a honra de trabalhar com o Augusto” disse emocionado o Comandante dos Bombeiros Voluntários Celoricense, António Marinho Gomes.

Milhares de pessoas participaram nas cerimónias fúnebres de um homem respeitado na comunidade. A missa de corpo presente realizou-se na Igreja Matriz de S. Pedro de Britelo sendo sepultado no Cemitério Municipal de Celorico de Basto.

Fonte: Correio do Minho


Sem comentários:

Enviar um comentário