Acidente com Carroça Provoca Quatro Mortos - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Acidente com Carroça Provoca Quatro Mortos


Um menino de 10 anos e uma menina de 7 morreram esta segunda-feira num violento choque entre dois carros e a carroça em que viajavam as crianças. 

No mesmo acidente, morreram ainda dois adultos, com cerca de 40 e 50 anos. Um bebé de 10 meses ficou em situação muito crítica e foi transportado de helicóptero para Lisboa em paragem cardiorrespiratória. À hora de fecho da edição do jornal, o bebé lutava pela vida. A tragédia aconteceu pelas 20h00, na EN2, junto a Castro Verde. "Todas as vítimas mortais são de etnia cigana e têm relações familiares entre si", disse ao CM fonte dos bombeiros. 

Uma das primeiras medidas tomadas pela GNR foi levar os condutores dos dois carros envolvidos, que sofreram ferimentos ligeiros, por questões de segurança, devido à revolta gerada pela chegada ao local de outros familiares das vítimas mortais. Além destes dois feridos sem gravidade, outro dos ocupantes da carroça, uma adolescente de 14 anos, também foi assistida a vários ferimentos, mas não corre perigo de vida. Na origem desta tragédia estará a fraca visibilidade do veículo de tração animal, que circulava com seis ocupantes, mas a investigação às causas do acidente está agora a cargo da GNR. Nas operações, estiveram envolvidos meios de diversas corporações de bombeiros do Baixo Alentejo e o INEM. Os feridos foram distribuídos por várias unidades hospitalares da região. 

Os corpos das duas crianças e dos dois adultos que perderam a vida neste acidente foram transportados para o Hospital de Beja, onde serão autopsiados. A via esteve cortada durante várias horas. A carroça ficou totalmente desfeita e espelha a violência do acidente. O cavalo que puxava o veículo sobreviveu à tragédia.

Fonte: CM

Sem comentários:

Enviar um comentário