Mortes no Caramulo têm Relação Direta com Primeiro Incêndio - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Mortes no Caramulo têm Relação Direta com Primeiro Incêndio

Xavier Viegas, coordenador do Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais e autor de um dos relatórios dos dois acidentes que causaram a morte a quatro bombeiros no Caramulo, em agosto de 2013, afirma que os dois acidentes foram causados pelo primeiro foco de incêndio.

"Foi o foco de Nogueira de Alcofra que causou os dois acidentes mortais" afirmou Xavier Viegas, esta sexta feira, na secção de Proximidade de Vouzela.

Xavier Viegas foi uma das testemunhas ouvidas esta sexta-feira durante a quinta sessão do julgamento de Patrick Teixeira, de 29 anos, e de Fernando Marinho, de 21, acusados de um crime de incêndio florestal, quatro de homicídio qualificado, 13 de ofensa à integridade física qualificada. O arguido mais velho está ai da acusado de um crime de condução sem habilitação legal.

De acordo com a confissão do arguido Fernando Marinho, foi o amigo Patrick quem ateou o primeiro foco, em Nogueira de Alcofra.

Durante o depoimento , Xavier Viegas explicou ainda que os dois acidentes ocorridos a 22 e 29 de agosto do ano passado no Caramulo, aconteceram em locais distanciados por apenas 400 metros.

O professor referiu ainda que o equipamento usado na altura pelos bombeiros "não era o mais adequado", por forma a salvaguardá-los do fogo. " O processo de aquisição de novo equipamento nao estava concluído pelo que nao lhes era exigido que usassem outro", afirmou.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário