Deslizamento de Terras, Queda de Árvores e Inundações, Registadas mais de 600 Ocorrências - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 20 de fevereiro de 2021

Deslizamento de Terras, Queda de Árvores e Inundações, Registadas mais de 600 Ocorrências

 


A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) contabilizou este sábado 616 ocorrências devido ao mau tempo, sendo os distritos de Lisboa (394), Leiria (67) e Setúbal (63) os mais atingidos, disse à Lusa o comandante da ANEPC.


Num balanço com dados até às 18:00, Pedro Araújo disse haver registo de "321 (ocorrências) associadas a inundações, 111 quedas de estruturas, 124 quedas de árvores e 32 limpezas de via".


Em termos de infraestruturas atingidas pelo mau tempo, o responsável da ANEPC explicou que a "mais relevante aconteceu na linha ferroviária de Cascais, em São João do Estoril, cortada em ambos os sentidos há cerca de cinco horas e meia" devido à "queda de um cedro".


"Temos ainda inundações que se fizeram sentir com mais intensidade em Algueirão Mem Martins, Cascais e algumas zonas em Lisboa", assinalou Pedro Araújo, sublinhando serem os "distritos do litoral os mais atingidos pelo mau tempo", com "todos eles a somar mais de uma dezena de ocorrências".


No interior do país, continuou o comandante da Proteção Civil, a "Guarda foi o distrito com mais ocorrências, sobretudo limpezas de via e de queda de árvores", devido ao "vento da parte da manhã que atingiu a velocidade de 110 km/h".


"Continua a não haver registo de qualquer vítima, apenas danos no edificado e em veículos atingidos pela queda de árvores", acrescentou.


O Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob aviso laranja 13 dos 18 distritos, incluindo toda a costa do país, e a amarelo cinco distritos do interior devido ao mau tempo.


De acordo com o site do instituto, os distritos do litoral, incluindo todo o Algarve, estão sob aviso laranja. Os avisos laranja devem-se sobretudo à precipitação, embora nos distritos mais a norte, Porto, Braga e Viana do Castelo, se devam também ao vento e à agitação marítima.


Já os distritos de Évora, Portalegre, Castelo Branco, Guarda e Bragança estão sob aviso amarelo, assim como os arquipélagos da Madeira e dos Açores.


A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) tem sob alerta amarelo todos os 18 distritos. A situação de alerta amarelo vai manter-se depois até às 13:00 de domingo.


O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.


Fonte: TSF

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________